Os estudos na área de Climatologia contribuem, de forma cada vez mais intensa, no entendimento das relações dos eventos climáticos com a sociedade.


MARCOS ALEXANDRE MILANESI E EMERSON GALVANI
IN CLIMATOLOGIA APLICADA: RESGATE AOS ESTUDOS DE CASO (2012)

Configura-se, assim, o eterno dilema da Climatologia Geográfica: primeiro destruir para depois recompor ou ir direto a gênese dos fenômenos?


JOÃO AFONSO ZAVATTINI E MARCOS NOBERTO BOIN
CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA: TEORIA E PRÁTICA DE PESQUISA (2013)

...o ambiente atmosférico é corresponsável na diversificação espacial do complexo geográfico..


WALTER CECILIO BRINO
CONTRIBUIÇÕES À DEFINIÇÃO CLIMÁTICA DA BACIA DO RIO CORUMBATAÍ...(1973)

O estudo do tempo e do clima ocupa uma posição central e importante no amplo campo da ciência ambiental.


J.O. AYOADE
INTRODUÇÃO À CLIMATOLOGIA PARA OS TRÓPICOS (1991)

O sistema climático é complexo, não linear e, à luz do conhecimento atual dos fenômenos físicos, não é possível predizer com baixo grau de incerteza como o sistema reagirá em relação a todas as alterações a que ele está sujeito.


LUCI HIDALGO NUNES (2009)
IN POPULAÇÃO E MUDANÇA CLIMÁTICA: DIMENSÕES HUMANAS DAS MUDANÇAS AMBIENTAIS GLOBAIS

A Climatologia (em geografia) deve procurar reconhecer e destacar estas relações complexas.


EMMANUEL DE MARTONNE
TRATADO DE GEOGRAFIA FÍSICA (1925)

...olha vai chover, depois vai fazer frio, os paturis estão passando. Não esquece de levar blusa!


DONA HELENA
CONHECIMENTO POPULAR...CARINHO DE MÃE

- E nem chove, hein, Mãe Nácia? Já chegou o fim do mês...Nem por você fazer tanta novena... - Tenho fé em São José que ainda chove! Tem-se visto inverno começar até em abril.


RACHEL DE QUEIROZ
TRECHO DO ROMANCE O QUINZE

Entonce o nortista Pensando consigo Diz: isso é castigo não chove mais não...


PATATIVA DO ASSARÉ
TRISTE PARTIDA

...podemos extrair vários pontos de relevância na abordagem geográfica do clima.


CARLOS AUGUSTO DE FIGUEIREDO MONTEIRO
O ESTUDO GEOGRÁFICO DO CLIMA (1999)

Entrevista com o Professor Dr. José Carlos Ugeda Junior (UFMT) sobre o clima de Cuiabá-MT

O Professor Dr. José Carlos Ugeda Junior, docente do Departamento de Geografia da UFMT e Diretor-Tesoureiro da ABClima (Gestão 2018-2020), concedeu entrevista televisionada de repercussão nacional.



Ugeda Junior explicou como os fenômenos geográficos como o clima e a geomorfologia implicam na elevação da temperatura do ar e da superfície na cidade de Cuiabá-MT.



Parabenizamos o Prof. Dr. Uegda Junior pela entrevista e divulgação nacional da climatologia geográfica.



Confira a reportagem a seguir:

https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2019/09/07/queimadas-contribuem-para-o-aumento-do-calor-em-cuiaba.ghtml?fbclid=IwAR0ZGdV8pFJ0Lzix_eRmmrcDlEhsoCtNpX9PjhItirYEgFOsb1V9TZzfPow

© 2020 - ABClima - Todos os direitos reservados.
Idealização e desenvolvimento: Charlei A. da Silva (2013/2014)
Programação: Excla!m