- E nem chove, hein, Mãe Nácia? Já chegou o fim do mês...Nem por você fazer tanta novena... - Tenho fé em São José que ainda chove! Tem-se visto inverno começar até em abril.


RACHEL DE QUEIROZ
TRECHO DO ROMANCE O QUINZE

Os ventos começavam a soprar mais espertos e como agitavam as almas das coisas, arrancando do torpor para a vida.


GRAÇA ARANHA
TRECHO DO ROMANCE CANAÃ

Los temas estudiados por La climatologia están intimamente entremezclados com los hechos que se producen em La vida de todos los dias.


A. AUSTIN MILLER (1957)
CLIMATOLOGIA

É impressionante como o cheiro que exala do solo recém molhado pela chuva me faz lembrar de minha avó. Lembro-me de vê-la falar....Esta é melhor para se beber, é água de chuva.


CHARLEI APARECIDO DA SILVA
Dissertação da Mestrado (2001)

Ao longo dos séculos, os observadores do céu, como agricultores, pastores e navegantes, acumularam conhecimentos práticos que permitiram compreender melhor as mudanças do tempo.


PROJETO BRASILEIRO PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA: O TEMPO E O CLIMA (1980)

...Quando um estreito frio, ou que ameaçava chuva, elas davam anúncio, uma dor surda, mas bem penosa, e umas pontadas.


JOÃO GUIMARÃES ROSA
TRECHO DO ROMANCE NOITES DO SERTÃO

O tratamento do clima urbano, como um dos componentes da qualidade ambiente, não poderá ser considerado insignificante para o mundo moderno.


CARLOS AUGUSTO DE FIGUEIREDO MONTEIRO
TEORIA E CLIMA URBANO (1976)

Conhecer a atmosfera do planeta Terra é uma das aspirações que vêm sendo perseguidas pela humanidade desde os tempos mais remotos.


FRANCISCO MENDONÇA E INÊS MORESCO DANNI-OLIVEIRA (2007)
CLIMATOLOGIA:NOÇÕES BÁSICAS E CLIMAS DO BRASIL

Os estudos na área de Climatologia contribuem, de forma cada vez mais intensa, no entendimento das relações dos eventos climáticos com a sociedade.


MARCOS ALEXANDRE MILANESI E EMERSON GALVANI
IN CLIMATOLOGIA APLICADA: RESGATE AOS ESTUDOS DE CASO (2012)

Quando o juazeiro flora, em novembro, é sinal de inverno tardio.


JOSÉ ERASMO BARREIRA
SERTANEJO DE 67 ANOS DE QUIXADÁ
PROFETA DO CLIMA

"Crise climática ameaça tornar ciclones bomba frequentes na Região Sul" - Entrevista Prof. Dr. Francisco Eliseu Aquino (UFRGS)

Climatologista alerta que aquecimento global já prolonga estiagem e provoca eventos extremos de chuva e vento na Bacia do Rio da Prata.



"A Bacia do Prata sempre foi uma região onde surgem ciclones. Entretanto, o que estamos observando, é que, com a mudança da circulação atmosférica entre o trópico e a Antártica, os ciclones podem ficar mais intensos, mais perigosos. Por isso, chama a atenção dois ciclones bomba em uma semana, com danos significativos para a população", disse o Professor Dr. Francisco Eliseu Aquino Climatologista e pesquisador da UFRGS.



Confira a entrevista em: https://projetocolabora.com.br/ods13/crise-climatica-ameaca-tornar-ciclone-bomba-frequente-na-regiao-sul/?fbclid=IwAR3TaTWCwodgRLVnyFMiJ91j6nMwSRmies3IEKMQYTeRIJrKN9sF-_CYqsI



Fonte: VALPORTO, O. Crise climática ameaça tornar ciclones bomba frequentes na Região Sul. Projeto Colabora. Acessado em 24 jul 2020. Disponível em: .



Acompanhe a Associação Brasileira de Climatologia nas redes sociais:

Facebook [https://www.facebook.com/abclimatologia]

Instagram [@abclimatologia]

YouTube [https://www.youtube.com/channel/UCX9jkpyF3Ou5xayX2prQ9vg]

Filie-se pelo site www.abclima.ggf.br

© 2020 - ABClima - Todos os direitos reservados.
Idealização e desenvolvimento: Charlei A. da Silva (2013/2014)
Programação: Excla!m