...Quando um estreito frio, ou que ameaçava chuva, elas davam anúncio, uma dor surda, mas bem penosa, e umas pontadas.


JOÃO GUIMARÃES ROSA
TRECHO DO ROMANCE NOITES DO SERTÃO

A Climatologia (em geografia) deve procurar reconhecer e destacar estas relações complexas.


EMMANUEL DE MARTONNE
TRATADO DE GEOGRAFIA FÍSICA (1925)

...O clima é assim o artista da vida.


AFRÂNIO PEIXOTO (1938)

Os estudos na área de Climatologia contribuem, de forma cada vez mais intensa, no entendimento das relações dos eventos climáticos com a sociedade.


MARCOS ALEXANDRE MILANESI E EMERSON GALVANI
IN CLIMATOLOGIA APLICADA: RESGATE AOS ESTUDOS DE CASO (2012)

Entonce o nortista Pensando consigo Diz: isso é castigo não chove mais não...


PATATIVA DO ASSARÉ
TRISTE PARTIDA

...Quase pássaro nenhum canta agora, na seca...


JOÃO GUIMARÃES ROSA
TRECHO DO ROMANCE NOITES DO SERTÃO

...olha vai chover, depois vai fazer frio, os paturis estão passando. Não esquece de levar blusa!


DONA HELENA
CONHECIMENTO POPULAR...CARINHO DE MÃE

...Despontam vivendas pobres; algumas desertas pela retiradas dos vaqueiros que a seca espavoriu...


EUCLIDES DA CUNHA
TRECHO DO ROMANCE OS SERTÕES

...Em virtude da inexistência de uma teoria sobre o clima mundial, o mecanismo das variações climáticas ainda é insuficientemente explicado


JOSÉ BUENO CONTI
CONSIDERAÇÕES SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS (2000)

Configura-se, assim, o eterno dilema da Climatologia Geográfica: primeiro destruir para depois recompor ou ir direto a gênese dos fenômenos?


JOÃO AFONSO ZAVATTINI E MARCOS NOBERTO BOIN
CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA: TEORIA E PRÁTICA DE PESQUISA (2013)

Nota de falecimento: Profa. Dra. Maria da Graça (UFSM)

Com pesar a Diretoria da ABClima comunica o falecimento da professora Maria da Graça Barros Sartori. Graduada em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Maria no ano de 1972, tornou-se Mestre em Geografia Física pela USP em 1976 e Doutora em 2000.

Docente da Universidade Federal de Santa Maria por muitos anos aposentou-se como Professora Titular, mas nunca deixou de atuar, de pesquisar e contribuir com a Climatologia brasileira. Nos Cursos de Geografia, Licenciatura e Bacharealdo, e no Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFSM ao longo de sua vida formou mais de uma dezena de alunos e alunas, sob sua orientação muitos foram aqueles que se apaixonaram pela Climatologia, optaram por pesquisar em Climatologia. Orientandos seus hoje estão trabalhando com Climatologia no Brasil e dando continuidade ao seu trabalho, sinal de frutos que germinaram.

A pesquisadora Maria da Graça tinha como ideal pesquisar o Clima do Rio Grande do Sul, envolvendo ambientes rurais e urbanos. Aguerrida e esperançosa deixa inacabado o projeto "A dinâmica climática no espaço geográfico sul-riograndense e as relações clima-saúde, clima-produção agrícola e clima-cidade"

Pró-ativa participou da fundação da ABClima, como sócia-fundadora era integrante do Conselho Editorial da Revista Brasileira de Climatologia. Assim a Diretoria da ABCLIMA (Gestão 2012-2014) deseja nesse momento manifestar condolências à família.

A imagem que fica para aqueles que a conheceram é de uma imagem de uma mulher íntegra, forte, corajosa, elegante, além de excelente professora e pesquisadora.

A Diretoria da ABCLIMA

© 2019 - ABClima - Todos os direitos reservados.
Idealização e desenvolvimento: Charlei A. da Silva (2013/2014)
Programação: Excla!m